Como fazer sua PCI (Placa de Circuito Impresso)

22 10 2008
Como eu havia prometido estou aqui para ensinar passo a passo o processo de como fazer uma placa caseira porém com boa qualidade de circuito impresso. Primeiro é importante salientar que existem várias maneiras de realizar este processo mas irei descrever o que funcionou melhor pra mim. Vamos começar:
Resumo:  Falando rapidamente o processo consiste em imprimir o layout em um papel especial, transferir esse layout para a placa, e corroer todo o cobre exeto na região do desenho (que será as ligações do nosso circuito).

Material: Folha glossy papper (folha pra foto), Placa de fenolite, Ferro de passar roupa, Impressora laser, Esponja de aço, Ácool, Percloreto de ferro, recipiente plástico, algodão e tiner ou acetona.

Primeiro passo: Gerar o layout do circuito utilizando um software de sua preferencia. Existem vários mas eu indico o Eagle (Cadsoft), pois eu uso ele e posso dizer que é muito bom e oferece todos os recursos necessários para fazer um ótimo layout além de ser compatível com PC e MAC. Farei um post falando um pouco a respeito do Eagle e disponibilizando uma versão para download.

Segundo passo: Imprimir o layout do circuito em uma empressora a laser ou em uma fotocopiadora com qualidade boa. Caso não tenha impressora a laser em sua casa imprima em empressora normal em boa qualidade e depois tire um xerox e peça para o operador da maquina fazer a impressão o mais forte possível. O motivo de necessitar ser uma impressora a laser ou uma fotocopiadora, é que as duas ultilizam toner para imprimir ao invés de tinta das impressoras inkjet (jato de tinta). O motivo de pedir para a pessoa fazer uma cópia forte é para que saia mais toner no papel para que depois facilite a transferência para a placa. Uma coisa muito importante é a folha em que você irá imprimir, pois ela muda todo o processo das próximas etapas. Existem varias folhas que podem ser usadas mas a que eu usei e indico é a de impressão para foto conhecidas como glossy paper. É aquela folha brilhante igual a de fotografia. Existem outras opções como folha transfer, folha de transparência e por incrível que pareça já ouvi casos em que conseguiram fazer com folha daqueles jornaizinhos. Mas como já disse dependendo da folha que for usada altera todo o processo depois. Aqui vamos usar a folha pra foto ou glossy paper. Para especificar o que eu usei foi uma impressora HP monocromática laserjet (daquelas simples) e a folha foi “Soft Gloss Photo 238g/m²” da marca Memphis mas acho que qualquer outro similar funciona legal. Só para não deixar dúvidas, a folha será para impressoras inkjet mesmo, não precisa ser para laserjet.

 

Impressão do Layout no glossy paper

Impressão do Layout no glossy paper

Terceiro passo: Lixar a superfície de cobre da plaquinha utilizando uma esponja de aço para tirar toda a parte oxidada e outros resíduos, e depois passar álcool com um algodão ou pano limpo para tirar toda a gordura que se encontra na superfície. Caso a superfície não esteja bem limpa será mais difícil de transferir a imagem para a placa. Pela foto você pode notar que a região (lado esquerdo) onde eu apliquei a esponja de aço e o ácool está muito mais brilhante. Ao lado tem os resquícios de uma das minhas tentativas com outros métodos. Da pra ver que não deu muito certo né?! hehehe

 

Placa de Fenolite metade limpa metade suja

Placa de Fenolite metade limpa metade suja

Quarto passo: Com a ajuda de uma fita isolante prenda o a folha com o layout do circuito impresso para baixo em contato com a face de cobre da placa bem esticada para que a mesma não se movimente. Se a folha se movimentar na hora da transferência pode ser que o seu desenho fique todo deformado. Fique atento quando for prender a folha para que todo o layout fique inteiramente dentro da região que você preparou para receber o desenho. É importante que você não coloque nenhuma fita isolante muito próximo do desenho ou na região onde vc passará o ferro.

 

Placa com folha devidamente presa.

Placa com folha devidamente presa.

Quinto passo: Essa é uma etapa bem complicada e vai ter algumas variáveis dependendo da folha que você está usando e do seu ferro de passar roupa. Com a folha bem presa na placa ligue seu ferro de passar roupa e coloque numa temperatura alta, mas cuidado para não colocar um absurdo de quente pois se não a camada de cobre da placa pode fazer bolhas (isso mesmo o cobre da placa), e não queremos que isso aconteça certo?! Então coloque numa temperatura alta mas cuidado pra não passar do ponto. O meu ferro é daqueles velhinhos caducos hehehe então usei quase no máximo (da pra observar na foto). Também da para observar o que eu falei sobe não colocar fita isolante nas áreas em que vai passar o ferro se não ela derrete e gruda tudo no ferro. MUITO IMPORTANTE que isso seja feito em um local seguro longe de qualquer objeto que possa pegar fogo ou estragar com o calor. Eu coloquei uma forma de metal de ponta cabeça para manter o ferro longe do chão de madeira. Agora vem a parte que mais complica: o tempo que vai ser passado o ferro. Eu obtive resultados muito bons segurando o ferro (já quente) em cima do desenho por 20 segundo e depois passando o ferro durante uns 2 minutos nas regiões do desenho para que ele se transferisse por inteiro. É possível observar conforme se passa o ferro em cima do desenho onde ele esta fixando bem pois começa aficar levemente transparente.

 

Ferro pronto e placa em cima de um apoio resistente ao calor

Ferro pronto e placa em cima de um apoio resistente ao calor

 

Passando o ferro na folha sem atingir a fita isolante

Passando o ferro na folha sem atingir a fita isolante

Sexto passo: Esse é o mais simples porém exige algum autocontrole pois a vontade de arrancar a folha pra ver se ficou bom é muito grande né?! Mas se segure se não você vai estragar todo o trabalho feito até agora. Deixe a placa descansando até que ela esfrie e chegue a temperatura ambiente. Na foto observe o que eu disse sobre ficar levemente transparente nas área em que o ferro está sendo bem aplicado. Após esfriar a temperatura ambiente retire com muito cuidado o papel da placa. Não puxe de uma vez pois pode atrapalhar as coisas. Caso não saia com facilidade o papel da placa coloque de molho na água por um tempinho pra ajudar a soltar. Depois de tirar a folha, caso sua placa seja grande, você pode cortar ela em um tamanho menor para ajudar no próximo passo.

 

Placa coma folha esfriando após a aplicação do ferro

Placa coma folha esfriando após a aplicação do ferro

Sétimo passo: Voalá! O layout agora já está na placa e a maior parte do trabalho já esta feita. Não se preocupe com essas partes brancas no circuito que se soltaram do papel pois sairam facilmente depois. Caso tenha alguma falha nas trilhas ou nas ilhas use uma caneta de escrever em CD para consertar. Agora vem a parte de corroer todo o cobre que está em tono do layout. Como vamos fazer isso? Usando Percloreto de ferro que é uma substancia que corrói metais, no caso, o cobre. Coloque o Percloreto em uma vasilha de plástico pois se colocar em uma de metal nem preciso dizer que você vai ver sua vasilha evaporando né?! Caso você tenha comprado Percloreto em forma de pó e vá misturar com água pra fazer a solução, tome muito cuidado pois essa reação libera uma GRANDE quantidade de calor. A água vai ficar fervendo e pode causar queimaduras. Bom depois de ter colocado sua solução de Percloreto em uma vasilha mergulhe a placa na solução e deixe ela submersa por um bom tempo. Esse tempo é entre 15 e 30 minutos mas varia bastante pois temos fatores que aceleram o processo como o aumento da temperatura da solução, o aumento na concentração da solução e até mesmo a agitação da solução. É bom sempre ir verificando como esta o processo de corrosão. Tirei uma foto durante a corrosão e depois para que fique fácil de entender este processo. A idéia é que o Percloreto corrói todo o cobre exeto a região que esta com o toner pois o toner impede que o Percloreto corra aquela parte. Sendo assim será tudo corroído e ficará apenas o desenho do layout. Depois de ter corroído completamente o cobre lave a paca em água corrente. Tome cuidado para não tirar a placa antes de corroer todo o cobre pois  caso não corroa direito pode ficar cobre interligando algumas trilhas e ai ocorrerá um curto-circuito.

 

Placa com o Layout já impresso

Placa com o Layout já impresso

 

Percloreto de Ferro

Percloreto de Ferro

 

Placa na metade do processo de corrosão

Placa na metade do processo de corrosão

 

Placa após o processo de corrosão

Placa após o processo de corrosão

Oitavo passo: Agora que já retiramos todo o cobre em volta do desenho temos que tirar o toner de cima das trilhas e das ilhas. Para isso utilizamos um pano ou um algodão com tiner ou acetona. Tire completamente o toner da placa e o resultado será uma placa com o circuito todo em cobre.

 

Placa ainda com o toner

Placa ainda com o toner

 

Placa após o toner se retirado

Placa após o toner se retirado

Nono passo: Finalmente o grand finale. Com uma micro retífica ou alguma furadeira que seja compatível com broca 0,8 mm faça os furos nas ilhas. Eu aconselho o uso de uma micro retífica mesmo pois facilita muito a precisão. Tome cuidado para não furar errado e estragar sua obra prima. Caso queira agora corte direitinho a placa pra ficar do tamanho certo e bonita (eu não fiz isso ainda hehe). Feito? Parabéns hehe agora você tem sua placa personalizada.

 

Placa pronta =)

Placa pronta =)

About these ads

Ações

Informação

5 respostas

4 05 2009
tobiasmugge

Lucas

Tava lendo o seu tutorial pois tambem escrevi um alguns dias atras e recomendo tentares tirar o papel da placa ENQUANTO ela ainda estiver quente (logo apos tirar o ferro). Voce indica esperar ela esfriar..

Já tentou isso?

4 06 2009
Renato Cunha

Mto bom. Infelizmente a melequeira é inevitável. abraços

20 08 2009
israel

E se com esse metodo como voçê colocaria a mascara de solda e a mascara de componentes?
Acho que teria que usar o metodo que eu uso,que é a serigrafia.Visite meu blog logo estarei postando um video de todo o procedimento.
Vamos trocar experiencias.
Valeu!!!!!

22 04 2012
marcos

muito bom cara valeu

17 08 2012
Diego

Mano, muuuuuuuuuuito obrigado :D

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: